Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Cras sollicitudin, tellus vitae condimentum egestas, libero dolor auctor tellus, eu consectetur neque.

Press enter to begin your search

Ministério da Cultura lança Manual de Exportação de Bens e Serviços do setor cultural

Ministério da Cultura lança Manual de Exportação de Bens e Serviços do setor cultural

Em parceria com a Organização Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (Unesco), o Ministério da Cultura (MinC) criou a primeira edição do “Manual de Exportação de Bens e Serviços Culturais” na semana passada. O projeto tem como objetivo estimular empreendedores culturais a expandir seus negócios para o mercado global.

A divulgação aconteceu em São Paulo e contou com a presença do ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão, empreendedores musicais e artistas. O guia reúne informações sobre cinco segmentos da indústria criativa: TV e mídias digitais, cinema, música, games e publicidade.

O manual inclui diversas informações para facilitar o procedimento do empreendedor cultural. O modo de acesso ao mercado, a exigência de visto, regimes tributários, cobrança de taxas, documentos necessários, prazos de tramitação, modelos de contratos e feiras de negócios são alguns dos pontos detalhados.

A Brasil, Música & Artes (BM&A) participou da confecção do documento por meio de seu programa de exportação o Brasil Music Exchange (BME), realizado em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil). As outras associações que também ajudaram são: APRO, programa FilmBrazil, ABRAGAMES, programa Brazilian Game Developers, BRAVI, programa Brazilian Content, e SIAESP, programa Cinema do Brasil.

Resultados brasileiros nos últimos anos

Segundo projeções de consultorias econômicas, a indústria cultural e criativa vai crescer a índices superiores aos da economia tradicional, tanto no Brasil quanto no mundo. Já no mercado de mídia e entretenimento interno, o país deve ter incrementos superiores às taxas mundiais: 4,6% contra 4,2% até 2012. As exportações de serviços audiovisuais brasileiros cresceram 138,9% entre 2014 e 2016, e, em 2016, o Brasil vendeu para outros países mais de USD 176 milhões.

O manual vai preparar os produtores culturais para a abertura do mercado internacional à produção nacional, amparada por acordos internacionais assinados pelo governo brasileiro e em processo de negociação. Além disso, o Ministério da Cultura articula cooperação com instituições como Apex-Brasil, Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e Confederação Nacional da Indústria (CNI) para que bens e serviços culturais sejam integrados às ações e programas de exportações dessas entidades.

ATA Carnet

Outra ferramenta que facilita as exportações é o ATA Carnet, um passaporte aduaneiro internacional que permite a exportação e a importação temporária de produtos livre de impostos de importação por um ano e é emitido pela CNI em um prazo de 24h a 48 horas. É válido em 77 países, incluindo o Brasil, desde 2016.

Sobre o BME

O Brasil Music Exchange (BME) é um projeto de auxílio à exportação de música desenvolvido desde 2002 por meio de uma parceria entre a Brasil, Música & Artes (BM&A) e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil). Para essa finalidade, o BME realiza diversas atividades de promoção de negócios e imagem internacional.

Fonte: Ministério da Cultura

X