Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Cras sollicitudin, tellus vitae condimentum egestas, libero dolor auctor tellus, eu consectetur neque.

Press enter to begin your search

Cantora brasileira Natália Matos apresenta seu novo single: Lua Namoradeira

Cantora brasileira Natália Matos apresenta seu novo single: Lua Namoradeira

Lua Namoradeira é o primeiro dos dois lançamentos que a cantora Natália Matos fará ainda este ano, para seu terceiro disco. O álbum tem previsão de sair pelo selo YBmusic, em 2020, e promete repertório que passa por baladas, boleros e latinidades, e reafirma as raízes da artista e a força da sua diversidade como compositora.

De acordo com artista paraense, a faixa de autoria da rainha do Carimbó Chamegado, Dona Onete, carrega o poder do feminino e do regionalismo.

“A escolha da gravação dessa música se deu de forma muito natural. Eu canto ela desde o início da minha carreira. Já cantei participando de shows da Dona Onete, da Fafá de Belém, na virada Cultural ano passado, do Manoel Cordeiro (multi-instrumentista e produtor musical), na virada deste ano, e então achei que era o momento de gravar esse single, com participação e produção musical do Manoel Cordeiro”, ressalta a artista.

Além de participar da faixa, Manoel Cordeiro produz uma das canções no próximo álbum da cantora. “A nossa parceria se dá de maneira muito natural e sempre enriquece muito o meu trabalho de cantora e compositora”, destaca Natália.

Natália conta ainda querer que esse lado poderoso e feminino de Dona Onete caminhe e conviva com o que há de mais pop e suave em seu repertório. “Essa não é a primeira vez que homenageio a compositora Dona Onete. No meu primeiro disco eu gravei uma música inédita dela, Coração Sangrando com participação do Zeca Baleiro, e sempre quis fazer esta regravação de Lua Namoradeira”, explica. E acrescenta: “além de uma compositora de grande inspiração pra mim, Dona Onete é uma amiga e uma apoiadora do meu trabalho, que recebeu a versão com muito carinho”.

Veja o clipe

Ouça aqui:

 

Sobre a artista

Natália Matos, cantora e compositora paraense, mistura em suas canções o calor e a intensidade de ritmos latinos com o pop contemporâneo, destacando-se por uma poética romântica.

A artista começou a carreira cantando choro e samba. Na adolescência ouviu muito jazz americano e, já na dentro carreira da música, levou seus ouvidos as novas produções pop e indie mundial. Deste ponto de partida foi se aproximando de novas sonoridades que pudessem agregar a música brasileira em seu trabalho.

A formação musical afetiva da cantora é feita sobretudo de ritmos brasileiros: de Clube da esquina a Arnaldo antunes, da tropicália a música paraense.

Discos

Natália Matos já tem dois álbuns, um de nome homônimo, lançado em 2014 pelo Natura Musical e produzido por Guilherme Kastrup, e “Não Sei Fazer Canção De Amor”, produzido por Léo Chermont e com direção artística de Carlos Eduardo Miranda. Ambos aparecem entre os 100 melhores da música brasileira de 2017.

Os dois primeiros discos também estão cotados entre os 30 melhores brasileiros pelo site internacional Beehype em seus respectivos anos de lançamento.

X