Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Cras sollicitudin, tellus vitae condimentum egestas, libero dolor auctor tellus, eu consectetur neque.

Press enter to begin your search
 

Retrospectiva 2019: conheça os nomes que despontaram no cenário musical brasileiro

Retrospectiva 2019: conheça os nomes que despontaram no cenário musical brasileiro

Baco Exu do Blues

O funk e rap nacionais despontaram e brilharam na trilha sonora que embalou o Brasil ano de 2019. Saímos da sofrência de 2018, quando estouraram artistas como a dupla indie Anavitória e o pagodeiro Ferrugem, e entramos no ano das batidas, sejam elas acompanhadas de letras melódicas, românticas ou de protesto.

O site do BME fez uma seleção baseada nos nomes que mais despontaram no Spotify, lotaram casas de shows pelo Brasil e foram condecorados com prêmios internacionais.

Quem encabeça a nossa retrospectiva dos artistas que se destacaram em 2019 é Diogo Álvaro Ferreira Moncorvo, mais conhecido como Baco Exu do Blues. O jovem de 23 anos saiu do estúdio e dominou os palcos do Brasil e rankings mundiais. O rapper tem esgotado ingressos por onde passa com a turnê ‘Bluesman’.

Baco, o nome encurtado do artista baiano, venceu o Gran Prix do festival Cannes Lions, um dos mais importantes do mercado publicitário, com o curta-metragem “Bluesman”. Ele desbancou, por exemplo, a megaprodução “Apeshit”, do casal Beyoncé e Jay-Z, filmado no Museu do Louvre.

Entre os hits mais famosos do Baco, para quem quiser começar a conhecer mais o artista, vale a pena dar o play em “Me desculpa Jay Z”, “Flamingos” e “Girassóis de Van Gogh”.

Luedji Luna

Voltando para a Bahia, de onde também saiu Baco Exu do Blues, Luedji Gomes Santa Rita despontou no cenário musical brasileiro em 2019. Aos seus 32 anos, e mais conhecida como Luedji Luna, ela lançou seu primeiro álbum autoral “Um Corpo no Mundo” em 2017. Este ano ela ganhou reconhecimento internacional com a mesma coletânea de músicas lançadas na Europa. Banho de Folhas e Tô Te Querendo são hits da cantora que, juntos, reúnem mais 6 milhões de ouvintes no Spotify. Vale conhecer o trabalho da artista.

Mc Tha

Com mais de 200 mil ouvintes por mês no Spotify, a Mc Tha despontou este ano misturando funk com outros ritmos brasileiros. A música da funkeira é dançante e inovadora. Paulistana, de 24 anos, Thais da Silva começou a cantar nos bailes funk aos 15 anos. Ela estudou Jornalismo, trabalhou em projetos culturais e depois de anos voltou aos palcos. Os hits apontados como os mais ouvidos da cantora são Céu Azul, Rito de Passá e Comigo Ninguém Pode.

Gloria Groove

“Mil Grau” atingiu a marca de mais de 4 milhões de ouvintes no Spotify. Gloria Groove vem bombando um hit atrás do outro em 2019. Uma mistura de funk, hip hop e trap, as músicas de Daniel Garcia Felicione Napoleão, mais conhecido como Gloria Groove, estouraram nos palcos e casas de show por todo o Brasil. O artista é rapper, cantor, compositor, dublador, ator e drag queen. Vale ainda ouvir os hits YoYo e Coisa Boa.

Kevin o Chris

Há pouco mais de duas semana, o carioca Kevin de Oliveira, popularmente conhecido como Mc Kevin o Chris, ganhou destaque internacional. Ele lançou uma versão de sua música Ela é do Tipo com o rapper canadense Drake. Em tão pouco tempo, o hit já alcançou mais de 13 milhões de ouvintes no Spotify.

O jovem de 22 anos de Duque de Caxias, no Rio de Janeiro, nasceu do funk carioca. Ele se destacou por usar a batida 150 BPM em sua música, que estimula danças envolventes e coreografadas.

X