Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Cras sollicitudin, tellus vitae condimentum egestas, libero dolor auctor tellus, eu consectetur neque.

Press enter to begin your search
 

Porto Musical agita Recife com programação extensa

Porto Musical agita Recife com programação extensa

Porto Musical 2020

Entre os dias 13 e 15 de fevereiro acontece mais uma vez, na cidade de Recife, um dos grandes encontros do mercado da música brasileiro, o Porto Musical. O evento reúne profissionais do setor a cada dois anos e traz, em sua nona edição, uma ampla variedade de atividades. Entre elas estão seminários, conferências, pitchings e showcases.

O encontro acontece nas ruas da cidade e equipamentos culturais, com toda a locomoção entre as atividades sendo feita a pé. Os participantes aproveitam ainda as festas pré-carnavalescas e brincadeiras populares que acontecem por lá nessa época do ano.

Entre as atividades confirmadas haverá a oficina que desconstrói a ideia de que inspiração cai do céu, com André Abujamra, cantor, compositor, multi-instrumentista e ator brasileiro. Filho de Antônio Abujamra, ator e diretor de teatro consagrado no Brasil.

A Brasil, Música & Artes traz para o evento a oficina “Virando a Chave – Caminhos para exportar sua música” em que Daniel Nogueira expõe todo o “know how” conquistado com os anos de trabalho duro em que colocaram dezenas de artistas parceiros na programação de grandes festivais pelo mundo, além de abrirem caminho para diversos negócios com grandes players internacionais para a exportação de trabalhos brasileiros.

Showcases

Haverá muita música boa com os showcases e day cases nos três dias de evento. Na quinta-feira (13), as apresentações começam com o trio Arrete levando ao palco do Paço de Frevo temas como o empoderamento feminino. A noite começa com os haitianos da Vox Sambou e as atrações pernambucanas China, Una, Ave Sangria e Devotos completam as apresentações.

Na sexta-feira (14) o daycase durante a tarde é com a DJ Dolores e os convidados Henrique Albino e Aishá Louren. Os showcases noturnos ficam por conta da banda colombiana Frente Cumbiero, a banda paraense Aíla e as bandas pernambucanas The Raulis, Coco de Toré Pandeiro do Mestre e Siba.

Sábado (15) o encerramento do Porto Musical começa com o grupo Guitarra das Manas no daycase e os artistas Filipe Catto, do Rio Grande do Sul e a paulista Maria Beraldo. A maranhense Enne, a pernambucana Jéssica Caitano e o grupo Luísa e os Alquimistas, do Rio Grande do Norte, encerram os showcases desta edição.

Sobre o Porto Musical

Consolidado no cenário internacional, o evento acontece desde 2005 na cidade do Nordeste brasileiro. O objetivo dos organizadores é promover a criação de redes, contatos, troca de conhecimento e geração de negócios.

As conferências buscam temas atuais e importantes para o cenário da música. As discussões promovidas visam trazer ideias, soluções e experiências de produção e criação. Cada conferência dura até duas horas e pode ser individual ou em grupo de até cinco pessoas.

Os showcases são a vitrine para artistas apresentarem, em até 40 minutos, o seu trabalho ao programadores de grandes festivais que estarão presentes no eventos a procura de fechar negócios. As apresentações acontecem em dois palcos, no principal à noite (showcases) ou no secundário durante a tarde (day cases).

Os pitchings são uma ótima oportunidade dos artistas e produtores estarem frente a frente com requisitados profissionais do mercado da música. São 5 minutos que os inscritos têm para apresentar seus projetos e sons de maneira criativa e, quem sabe fechar parceria ou relação de trabalho com selos, gravadoras, festivais, produtores e empresários do setor.

X